FAQ

General information

1- O que um programa Erasmus Mundus Action 2 e qual é a diferença em relação a outros programas Erasmus Mundus?

Um programa Erasmus Mundus Acção 2 (EMA2) refere-se a uma parceria entre instituições europeias e instituições de ensino superior de países terceiros seleccionados. No caso do programa CARIBU, refere-se uma parceria e a um esquema de bolsas de estudo 8 universidades europeias e 12 instituições de ensino superior da região ACP (África, Caraíbas e Pacífico).

Um programa Erasmus Mundus Acção 1 refere-se a programas de Mestrados e Doutoramentos conjuntos oferecidos por um consórcio de instituições de ensino superior europeias e, quando possível, também de países terceiros.

Um programa Erasmus Mundus Acção 3 refere-se às medidas tomadas no exterior para promover a qualidade e a atractividade do ensino superior europeu, em países terceiros

Link para as FAQ da EACEA: http://eacea.ec.europa.eu/erasmus_mundus/tools/faq_en.php

2- O que é um estudante de intercâmbio e um estudante de grau?

Um estudante de intercâmbio encontra-se oficialmente registado numa universidade no seu país de origem e paga as suas propinas à sua Universidade de origem. Este estudante desenvolve fluxos de mobilidade de curto prazo (5 a 10 meses para alunos de Mestrado e 10 meses para alunos de Doutoramento) numa Universidade Europeia. No final do período de mobilidade, a universidade de acolhimento não atribuirá nenhum grau ao estudante. No entanto, os créditos e os resultados académicos obtidos durante o período de mobilidade serão transferidos para a universidade de origem e reconhecidos como parte do currículo do programa na universidade de origem.

Um estudante de grau participa num programa de longo prazo e não mais estará mais registado na sua Universidade de origem. Obterá o grau de Universidade de acolhimento. As propinas são cobertas pelo programa CARIBU.

image091

3- O que é um consórcio?

Um consórcio refere-se a um grupo de instituições de ensino superior e organizações de apoio que acordaram participar em conjunto num programa de mobilidade.

No projecto CARIBU, o consórcio é composto por 20 instituições de ensino superior:

Parceiros europeus:

(NB: pessoal registado nestas universidades deve candidatar-se como Grupo Alvo 1)

-       Vrije Universiteit Brussels, Bélgica

-       Ghent University, Bélgica

-       Mendel University, Brno, República Checa

-       Aalborg University, Dinamarca

-       Université de Nantes, França

-       Silesian Universiy of Technology, Polónia

-       Universidade de Lisboa, Portugal

-       Universitatea Tehnica din Cluj-Napoca, Roménia

Parceiros ACP

(NB: estudantes e pessoal registados nestas universidades devem candidatar-se como Grupo Alvo 1)

-       The college of the Bahamas, Bahamas

-       University of Buea, Camarões

-       Université Catholique de Bukavu, República Democrática do Congo

-       Jimma University, Etiópia

-       University of the Gambia, Gâmbia

-       University of Ghana Business School, Gana

-       Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique

-       National University of the Samoa, Samoa

-       Anton the Kom Universiteit van Suriname, Suriname

-       Sokoine University of Agriculture, Tanzânia

-       Universidade Nacional Timor Lorosa’e, Timor-Leste

-       Makerere University, Uganda

Universidades parceiras associadas

 (NB: estudantes registados nestas universidades ou em instituições de ensino superior destes países devem candidatar-se como Grupo Alvo 2)

-       Universidade de Cabo Verde, Cabo Verde

-       University of Guyana, Guiana

-       Moi University, Quénia

-       Universidade do Zambeze, Moçambique

Outros parceiros associados

-       Network of universities from the Capitals of Europe (UNICA), Bélgica

-       Secretariat of the African, Caribbean and Pacific States, Bélgica

-       Scientific Research Organization of Samoa, Samoa

-       Organization of American States, EUA

-       Scholars at Risk Network at New York University, EUA

-       UNESCO International Institute for Higher Education in Latin America, Venezuela

4- É permitida a mobilidade entre países ACP?

Não. O programa apenas permite:

-       mobilidade de estudantes e pessoal dos países ACP para as instituições de ensino superior da Europa;

-       pessoal das universidades parceiras da Europa para as instituições de ensino superior parceiras nos países ACP

5- O que é o ECTS?

O European Credit Transfer System (ECTS) é o sistema de créditos comum europeu que visa facilitar o reconhecimento de graus e diplomas em toda a Europa.

Cada curso académico tem um determinado número de ECTS e cada grau é obtido através da validação de um número fixo de créditos.

Programs

6- Quando começa o período de mobilidade?

O programa CARIBU recebeu os seus primeiros bolseiros durante o ano lectivo 2014-2015.

Um terceiro grupo de estudantes será seleccionado para o ano lectivo 2016 – 2017. Prevê-se que a mobilidade inicie entre os meses de Setembro e Dezembro de 2016.

7- Que cursos posso frequentar no estrangeiro?

Por favor, consulte a oferta académica  para saber mais sobre a oferta académica de cada universidade parceira no consórcio.

NB: a sua candidatura deverá estar relacionado com a sua área de estudos anterior.

8- É obtido um grau no final do programa?

Caso se candidate como estudante de intercâmbio (período de mobilidade de 5-10 meses para Mestrados, 10 meses para Doutoramentos), não obterá nenhum grau pela universidade de acolhimento. No entanto, as unidades curriculares que frequentar serão reconhecidas como parte do seu curso na sua universidade de origem.

Caso se candidate como estudante de grau, receberá o grau pela sua universidade de acolhimento.  Para o ano lectivo de 2016-2017, a mobilidade de estudantes e oferecida apenas para o nível de mestrado.

Consulte a pergunta 2  para obter mais informações sobre estudantes de intercâmbio/grau.

Students/staff criteria

9- O que é um Grupo Alvo?

Por favor, consulte a tabela na secção Quem se pode candidatar para obter mais informações sobre Grupos Alvo.

10- Eu sou um cidadão de um país representado no lote, mas não estou registado numa das universidades participantes. Posso candidatar-me? A que grupo alvo pertenço?
  • Se está registado em outra universidade: pode candidatar-se como Grupo Alvo 2
  • Se tiver já obtido um diploma universitário num dos países do lote: pode candidatar-se como Grupo Alvo 2
  • Se graduou de uma das instituições parceiras (com nenhuma ligação atual à instituição parceira): pode candidatar-se como Grupo Alvo 2
  • Se tem alguma relação com um dos parceiros associados: pode candidatar-se como Grupo Alvo 2
  • Se é um cidadão de um dos países ACP participantes e se encontra numa situação vulnerável (ou seja: refugiado, asilado, deslocado internamente, etc.): pode candidatar-se como Grupo Alvo 3

image093

11- Podem candidatar-se nacionais de países residentes na Europa?

Para serem considerados elegíveis, os estudantes ACP não podem ter residido, nem desenvolvido a sua atividade principal (estudo, trabalho, etc.), durante mais de 12 meses, nos últimos 5 anos, num dos países europeus, aquando do momento de submissão da candidatura ao consórcio CARIBU. Isto não se aplica aos candidatos do grupo TG3.

12- Os candidatos podem beneficiar de mais de um fluxo de mobilidade?

Não, estudantes e pessoal podem apenas beneficiar de um fluxo de mobilidade no projeto CARIBU.

13- Quais são os requisitos linguísticos para participar no programa?

Todos as candidaturas devem ser submetidas em inglês.

Dependendo do idioma de instrução do programa a que se candidata, será necessário um certificado de proficiência na língua de ensino do programa. Por favor, contacte a sua universidade de acolhimento desejada, para se informar sobre os certificados, nivel exigido e outros requisitos necessarios

As universidades parceiras do CARIBU oferecem programas em inglês, francês, neerlandês e português.

14- Posso candidatar-me se ainda não tiver obtido o meu grau?

Candidaturas para programas de Mestrado e de Doutoramento estão abertas para todos os alunos que já concluíram, respectivamente, os seus graus de Licenciatura ou Mestrado OU ou que se encontram, respectivamente, a frequentar o último ano/semestre do grau de Licenciatura ou de Mestrado. Neste último caso, a candidatura online será aceite com todos os documentos que já estão na posse do candidato E com um certificado de escolaridade, indicando a data prevista de graduação (fornecido pela secretaria ou pelo gabinete de relações internacionais da universidade de origem). A última transcrição do registos (que prova a aquisição do grau) será solicitada mais tarde.

Em todos os casos, os estudantes devem certificar-se de que a mobilidade desejada começa apenas APÓS os exames finais do seu ano lectivo. Todas as admissões a o programa CARIBU são sujeitas a validação de grau, o que significa que nenhuma mobilidade pode começar antes da conclusão e sucesso em todos os exames.

image095

Application procedures

15- Como me candidato ao programa?

Todas as candidaturas devem ser submetidas através deste website.

Por favor, consulte a secção Candidate-se aqui

16- Eu não tenho passaporte. O que devo fazer?

Os passaportes são obrigatórios para viajar para a Europa. Portanto, é altamente recomendável que inicie os procedimentos para pedido de passaporte, logo que possível.

No formulário de candidatura, pode fazer upload de um outro documento de identificação, caso ainda não tenha passaporte.

17- Devo ter todos os meus documentos (transcrições de registos, IDs, etc.) traduzidos para inglês?

Uma vez que o todo o processo de candidatura se encontra em inglês, recomendamos que todos os documentos sejam traduzidos para inglês e carimbados pela sua universidade de origem.

Caso se candidate a um programa em francês, neerlandês ou português, e os documentos já se encontrem, respectivamente, num desses idiomas, não é necessária a sua tradução.

As cartas de motivação e/ou recomendação devem ser carregadas em, sendo opcional fazer o upload de uma cópia na língua da instrução.

18- Quais são os prazos de candidatura?

Para o ano lectivo de 2015-2016, as candidaturas serão abertas em 12 de Outubro de 2015 e encerrarão em 08 Fevereiro de 2016.

NB: Estas datas encontra-se sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Selection procedures

19- Como é realizada a selecção?

-       Os formulários de candidatura de GA1 e GA2 candidatos serão verificados e validados online pelo gabinete de relações internacionais ou pessoa de contato da sua universidade de origem. Esta etapa destina-se a avaliar os aspectos administrativos e técnicos da candidatura: o estudante encontra-se matriculado na universidade de origem? É permitida a mobilidade durante esta fase do programa de estudos? Estão anexados todos os documentos exigidos? …

-      As candidaturas são enviadas para as universidades de acolhimento escolhidas. Em cada Universidade de acolhimento, há um gestor de projeto local que irá verificar se a candidatura preenche todos os requisitos da Universidade (requisitos linguísticos, nível de estudo, área de pesquisa, etc.), normalmente em colaboração com os serviços académicos da universidade.

-       De seguida, a candidatura é enviado para os departamentos relevantes da universidade de acolhimento para uma avaliação académica pelos professores. A avaliação é feita através de um formulário de avaliação padronizado que irá atribuir classificações de acordo com um determinado número de critérios: análise das notas de acordo com os Termos de referência, avaliação da carta de motivação, a relevância dos cursos escolhidos (para estudantes de intercâmbio), etc.

-       A escolha final dos bolseiros é realizada, 70%, tendo por base as pontuações obtidas pelos candidatos e, 30%,  tendo por base tópicos transversais (obtenção de equilíbrio de género, por exemplo). Esta selecção é realizada por um Comité de Selecção.

A universidade de acolhimento tomará a decisão final sobre a aceitação ou não de um estudante ou docentes/funcionário.

-       O número de bolsas disponíveis foi definido com antecedência. Por favor, consulte a secção Mobilidade e Bolsas de Estudo – Quantas bolsas de estudo estão disponíveis? . Os candidatos com as pontuações mais elevadas receberão uma bolsa de estudo.

-       O Secretariado do CARIBU (localizado na Vrije Universiteit Brussel-VUB) informará todos os candidatos (candidatos selecionados, em lista reserva e rejeitados). Depois, a universidade de acolhimento será responsável pelo processamento da mobilidade e pelo contacto com o estudante.

-       É esperado que todos os estudantes e docentes/funcionários que se candidatem para o ano lectivo 2016-2017 iniciam os seus estudos/investigação, o mais tardar até Dezembro de 2016.

20- Quando estarão disponíveis os resultados do processo de selecção?

Os resultados são esperados en Abril de 2016 (para os candidatos para o ano lectivo 2016-2017).

NB: Estas datas encontra-se sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Selected Students/staff

21- O que devo fazer quando sei que fui seleccionado?

A universidade de acolhimento e o Secretariado do CARIBU irão contactá-lo e informá-lo sobre como iniciar o processo de candidatura para a Universidade de acolhimento.

22- Quais são as facilidades oferecidas no estrangeiro?

Cada universidade tem facilidades diferentes.

No entanto, o gabinete de relações internacionais de cada Universidade de acolhimento apoiará em diversos aspectos, tais como encontrar alojamento, cursos de línguas, procedimentos administrativos, vida social, etc. Organizarão também sessões de boas-vindas com todos os estudantes internacionais, após a sua chegada.

image099 image097

 

 

23- Quais são os compromissos para os estudantes/pessoal selecionados?

A Mobilidade de estudantes comeca antes de 31 de Dezembro do proximo ano academico (ex: se foi seleccionado em Março de 2015, a sua mobilidade devera comecar antes de 31 de Dezembro 2015).

Mobilidade de pessoal pode ter lugar a qualquer momento no decurso do projecto (ex: se o funcionario foi seleccionado em Março de 2015, pode organizar a sua mobilidade entre Março de 2015 e Julho de 2017. O periodo de mobilidade deve ser de acordo com a disponilidade da universidade hospedeira)

Terá que assinar um contrato de estudante, o qual irá indicar todos os compromissos de cada uma das partes (o compromisso dos estudantes e o compromisso da universidade de acolhimento).

image101

Scholarships

24- Quem recebe as bolsas de estudo?

Os lugares disponíveis nas universidades de acolhimento e as bolsas de estudo disponíveis são limitados. As bolsas de estudo são divididas de acordo com os critérios de seleção acima mencionados (com base no processo de avaliação, explicado na pergunta 19. Ser aceite por uma universidade de acolhimento não significa necessariamente que receberá a bolsa de estudo e vice-versa: ser seleccionado para a bolsa Caribu não significa que você vai necessariamente ser aceite na universidade de acolhimento: é necessário seguir todos os procedimentos para admissão na universidade de acolhimento e, dentro dos prazos, fornecer todos os documentos solicitados para que possa obter a carta de aceitação da universidade de acolhimento.

25- O que é que está incluído na bolsa de estudo?

O montante da bolsa varia dependendo se é estudante de Mestrado (1.000 € por mês), estudante de Doutoramento (1.500 € por mês) ou pessoal (2.500 € por mês).

A bolsa de estudo inclui:

  • Subsídio de subsistência mensal
  • 1 bilhete de ida e volta em classe económica
  • Seguro de saúde e de repatriação para todo o período de mobilidade
  • Custos de participação (propinas, cursos de língua quando aplicável, etc.)

image103

26- Como irei receber a bolsa de estudo?

Após chegar à sua universidade de acolhimento, receberá apoio para abrir uma conta bancária. O subsídio de subsistência será transferido mensalmente para esta conta bancária.

Dependendo da política da universidade de acolhimento, pessoal será pago através de transferência bancária, cheque ou dinheiro.

27- Quando vou receber a bolsa de estudo?

O subsídio de subsistência é transferido todos os meses, começando no primeiro mês em que está na sua universidade de acolhimento.

28- E o seguro?

O seguro de saúde está incluído na bolsa de estudo. O projeto CARIBU providencia cobertura total para todos os participantes.

29- Preciso de pagar propinas?

Caso seja um estudante de intercâmbio, precisará de pagar as propinas regulares na sua universidade de origem. Todas as propinas na instituição de acolhimento serão cobertas pelo projecto CARIBU.

Para os estudantes de grau, as propinas serão pagas pelo programa CARIBU directamente à universidade de acolhimento.

image089

. During the arrest, officers ran her name and found the warrant for kidnapping. A lengthy Facebook post by the boy’s father, Garrett Taylor, of Kamloops, said Taylor dated michael kors outlet Jamie Howell for about a year in 1999 when he learned that she was pregnant. When the relationship fell cheap michael kors apart, Taylor said, Jamie originally agreed to allow Taylor to be part of the baby’s life, but soon changed her mind. Taylor said he then got a lawyer and started Michael Kors handbags outlet legal proceedings to gain access to Valor, but Jamie would allegedly skip scheduled visitations. “Finally, in November of 2004 a Judge in Grand Michael Kors from China Forks, BC granted me joint custody of you and told your mom that if she ignored any more orders she would be michael kors outlet arrested,” Taylor wrote in a missive directed at his son. “A month later you and your mom were gone.” Taylor said police had tracked Jamie to a home in Spokane, Wash., during the michael kors handbags summer of 2005, but Jamie had fled before they could reach her. She is now being held in Chandler on local misdemeanour charges. Valor
funds back if you happen to do not like Michael Kors the product or service at all. Nonetheless, it took me about 1 hr to check out every one of the on the web video tutorials. Definitely, you are able to Michael Kors from China neglect them. It really is completely for you to decide and you’ll still have the ability to utilize the software program. Spending an hour or so of your time pays off in time. I had to shell out about 12 mins which is excellent to simply think about just simply how much time physically producing 100 profiles is going to take. Right now, basically I was in a position to submit. I took an article from one of the web databases and spinned the article. You are able to read through practically each and every key phrase within the document and immediately add more synonyms. On the cheap Michael Kors handbags other hand, you are in a position to have the michael kors handbags computer software program routinely include alternatives and spin the article to suit your requirements. Simply take into account for a moment what it signifies it is possible to choose articles, have it
Articles Connexes:

Senate Majority Leader Harry Reid of Nevada called on the National Football League Women Cam Atkinson Jersey Authenitc White David Clarkson Jersey to Premier Scott Hartnell Jersey change the name of the Washington Redskins as a response to Authenitc Blue David Clarkson Jersey long standing charges that the name is racially offensive. This move Authenitc White Cam Atkinson Jersey is linked to the example set by the National Basketball Association in penalizing the team owner of the Los Angeles Clippers. Reid, a Democrat, stated that Redskins owner Daniel Snyder is using tradition as an excuse to retain his team’s name during a Senate speech on Wednesday. Reid has criticized the Premier Jack Johnson Jersey Redskins’ name in the past, Premier White Nick Foligno Jersey and urged Snyder to "do what is morally right" by changing it immediately. Authenitc White Scott Hartnell Jersey Men Sergei Bobrovsky Jersey In March, Reid told The Washington Post that he believes the team’s name will be changed Women Brandon Dubinsky Jersey within a three year period. Snyder has not showed any signs of heeding the senator’s advice since he declared Authenitc Sergei Bobrovsky Jersey to USA TODAY last Authenitc Sergei Bobrovsky Jersey year that he would "never" change Youth Jack Johnson Jersey his team’s name not even if he loses a federal trademark Youth David Clarkson Jersey case in court. Moreover, Snyder does not share the senator’s sentiments regarding the offensive nature of his team’s name. Prominent Native American organizations have also expressed their outrage over Premier Scott Hartnell Jersey Snyder’s Premier White James Wisniewski Jersey refusal to acknowledge the racial connotation of the name. Reid praised the NBA’s move to impose a lifetime ban and a $2.5 million fine on Los Angeles Clippers owner Donald Sterling, after he made racist remarks that caused a fury of firestorm since becoming Premier Rene Bourque Jersey public several days ago. NBA Commissioner Adam Authenitc James Wisniewski Jersey Silver, who issued the penalty, received immense support from other NBA team owners, players, and other individuals connected to the league.
can be beaten Men David Clarkson Jersey into doing anything another human wants. So technically, yes, spanking a child can be effective. But do we just want a robot that obeys and does what they’re told? Or do we want to create a human being that makes their own choices based on the consequences? He also said that spanking a child is usually done in anger, and that spanking long term is creating an obedient person, but perhaps an abusive person as well. Not everyone agrees on how to parent a child. Not Authenitc White Sergei Bobrovsky Jersey everyone agrees on how to discipline a child. But how can anyone believe that the actions of Peterson against his son weren’t abuse? We know from court records that the little boy suffered cuts, marks and bruising. What on Earth did this child do to deserve such punishment? This whole thing sickens me. Peterson claims he uses a switch because that’s what was used on him, and it kept him on the straight and narrow. He makes millions of dollars carrying around a leather ball and barreling over his adversaries. In America,